segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Um pouco de literatura.

     Primeiramente:

     1- Esta série de posts não tem intenção de se tornar gabarito ou manual de escrita ela é apenas um depósito de experiências particulares, na esperança de que alguma delas seja de algum valor para uma nova geração de escritores/leitores. 

     2- Todos os livros indicados foram lidos e interpretados segundo um débil e limitado ponto de vista humano, o meu. (portanto não se deixe doutrinar, leia cada um dos livros que despertar a sua curiosidade e forme o seu próprio ponto de vista sobre ele).


     Posto isso a questão central deste artigo pode ser abordada livremente e sem embaraços:

     Por onde começar?

     Esta pergunta pode ter diversas causas, mas é certo que em algum momento, por essa ou aquela razão, (geralmente diante de uma opressora página em branco, ou de uma resolução de leitura) ela se apresenta a cada um de nós.

     Evidentemente a resposta para essa questão não é única, muito menos direta, de modo que se pode sugerir caminhos de obtenção da resposta, contudo jamais a resposta em si.
Com essa proposta este blog apresentará periodicamente sugestões de leituras e exposições técnicas.

     As divisões de estilo servem apenas para facilitar a consulta, pois é muito difícil enquadrar uma obra literária em um estilo específico, já que cada obra é única e pode acumular muito mais do que um estilo. Estes apenas estão sendo usados aqui como agrupamentos das características predominantes comuns entre livros, de forma que o leitor possa ter um guia rápido dos livros que podem ajudá-lo a se aprofundar na técnica que tenha preferência.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário